A importância do COLORIR

O desenho é uma forma de comunicação desde os primórdios da humanidade. Ele sempre esteve presente na nossa história! E qual criança nunca brincou de pintar ou desenhar?

É uma atividade muito comum e que muitas vezes é menosprezada pelos adultos, mas o desenho infantil tem sido objeto de estudo e abordado por diferentes profissionais como, psicólogos, sociólogos, psiquiatras, educadores, psicanalistas.

O desenho é uma atividade tão complexa e completa que desenvolve tanto capacidades motoras, como intelectuais e lúdicas e por isso separei aqui 5 áreas que podemos desenvolver nas crianças através do desenho e do colorir.

O desenho ajuda no desenvolvimento cognitivo 

A criança usa o conhecimento que ela já tem para fazer desenhos. Chamamos de Pré Esquemática a etapa onde a criança faz as primeiras tentativas de representação circulares e longitudinais que evoluem para formas reconhecíveis, passando do conjunto indefinido de linhas para uma configuração representativa definida. Ou seja, a criança começa a desenhar uma bola inteira, depois ela divide para duas bolas que representa a cabeça e o tronco com o passar do tempo ela começa a desenhar orelha, olhos, nariz, assim por diante.

Esses estágios mostram que a maioria das crianças inicialmente não desenham o que vêem, mas uma representação do que sabem. É somente crescendo que eles aprendem, localizando-se no espaço.

E o desenhar e colorir faz a criança trabalhar e estimular seu senso de observação, por isso incentive a criança a usar cores diferentes, a criar desenhos diferentes e peça que ela explique porque desenhou. A conversa será infinita!

Alivia a ansiedade e expõe os sentimentos.

A vida de uma criança pode parecer bem tranquila mas eles também enfrentam problemas e frustrações que muitas vezes podem ser aliviados através do desenho. Quando a criança está passando por um momento de raiva ou frustração você pode oferecer uma folha para que ela se acalme e se expresse através do desenho. O desenho permite que ela se expresse de maneira diferente do que pela fala. Suas criações refletem suas emoções e seu estado de espírito. A escolha das cores também pode revelar como aquela criança se sente naquele momento principalmente se ela usa tons muito escuros ou só preto.

Por isso, o desenho é uma das ferramentas mais acessíveis para o adulto se conectar de forma lúdica com as crianças. Se a criança está triste e não quer falar o que aconteceu é possível, por exemplo, pedir para que ela desenhe como foi seu dia ou o que a deixou chateada.

Desenvolvimento da coordenação motora

Muito antes de começar a ler e escrever a criança desenha! Na educação infantil as crianças começam a reproduzir linhas, pontos, curvas, ondas, bolas… Todos esses desenhos que permitem escrever e formar as letras mais tarde.

Ao aprender a desenhar e a colorir a criança aprende a controlar os movimentos da sua mão corretamente, aperfeiçoando o que desenha, melhorando a coordenação motora fina.

Sem contar que o ato de colorir ativa zonas nos cérebro que mexer com o celular ou no tablet não são acionadas. Por isso, ao colorir cada vez mais cedo, a criança vai desenvolver a coordenação motora que irá ajudar no aprendizado da escrita futuramente. Com o passar do tempo é possível observar desenhos cada vez mais detalhados, em superfícies menores.

Aprendizagem através do lúdico

Se eu pedir para lembrar-se de algo que aprendeu na escola, pode ter certeza que sua lembrança será de algo que você aprendeu de forma divertida. Isso porque o aprendizado lúdico está associado ao lado direito do nosso cérebro, o lado que controla as emoções e a criatividade.

A criança vai se lembrar com muito mais facilidade se ela for estimulada e aprender através do lúdico. E se elas já são curiosas por natureza porque não explorar através do desenho e do colorir essa curiosidade?

Desenvolvimento do senso artístico

Os desenhos das crianças são suporte de histórias incrivelmente ricas. Você já perguntou a uma criança o que ela desenhou? Ela pode ficar falando horas sobre algo único que criou.

O mesmo desenho pode ter várias interpretações. Essa atitude desenvolve seu senso artístico.

Sem contar que cores podem ter influência psicológica sobre o ser humano, algumas cores estimulam, outras tranquilizam, pois são captadas pela visão e transmitidas para o cérebro. Consequentemente refletem impulsos e reações para o corpo.

Quanto antes começarmos a trazer as cores para a vida da criança, melhor! Quando uma criança é pequena ela observa todos os estímulos ao seu redor. Com essa prática estaremos estimulando de fora para dentro e, com o passar dos anos, essa criança irá aprender a utilizar esses estímulos de dentro para fora para criar e se expressar.

E após saber de todos esses benefícios, o que você adulto pode fazer?

Recapitulando como aplicar tudo isso no seu dia a dia:

  1. Peça que a criança explique seus desenhos. A conversa será infinita!
  2. Se a criança está triste e não quer falar o que aconteceu é possível, peça que ela desenhe como foi seu dia ou o que a deixou chateada.
  3. Ao invés de recorrer à TV, celular ou tablet, incorpore o colorir nas atividades e dia a dia de seus filhos.
  4. Faça mímicas ou outras brincadeiras que tragam diversão e emoção aos momentos de aprendizado.
  5. Preste atenção nas cores utilizadas pela criança ao colorir, e como elas se relacionam com as emoções expressadas por eles naquele momento.

Além disso, ser um grande mediador desse conhecimento! A partir do momento que você tem a consciência dos benefícios, você adulto é um referência para a criança e é nosso dever proporcionar momentos e ferramentas para que essa criança se desenvolva. Por isso crie ambientes e momentos em que vocês desenhem juntos. Tenha um verdadeiro tempo de qualidade e muita cor na vida de vocês e pode ter certeza que ao crescer essa criança  vai ter muitos momentos incríveis para se lembrar!

Este artigo, foi escrito pela Professora Coruja. Lorena Carvalho é professora alfabetizadora e criadora do site Professora Coruja, onde cria atividades para auxiliar pais e professores no desenvolvimento infantil.

Conheça mais!
Site –  www.professoracoruja.com.br
Youtube – Professora Coruja 
IG – @professoracoruja
FB – Professora Coruja 

Notícias relacionadas